aeob.edu.ptBibliotecaNotíciasDIÁLOGOS POSITIVOS

DIÁLOGOS POSITIVOS


Diálogos Positivos

A Biblioteca do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro tem previsto no PAA (Plano Anual de Actividades) várias actividades, uma das quais intitula-se “A Biblioteca convida”. Foi neste âmbito, e em parceria com o grupo de Educação para a Saúde, que aconteceu no dia 30 de Março a actividade intitulada “Diálogos Positivos” destinada aos alunos do 9º ano e ensino secundário.

 

A Biblioteca convidou o Dr. Pedro Oliveira, professor universitário e Mestre em psicoterapia, que veio falar de dependências: dependências de substâncias como o álcool e as drogas. O Dr. Pedro Oliveira orientou a sua palestra como uma conversa, utilizando uma linguagem muito próxima da usada pelos nossos jovens, conseguindo cativar a assistência. Sem falsos moralismos, sem conselhos ocos, apenas alertou para os perigos do uso e/ou abuso das referidas substâncias. Deixou bem claro que a nossa liberdade está, também, em saber ser diferente e dizer não no momento certo. Referiu as estatísticas que conhece, uma vez que é psicoterapeuta no Instituto da Droga e Toxicodependência de Coimbra, e tem a seu cargo processos de desabituação, alguns bem complicados.  Foi contando histórias verídicas que tentou passar uma mensagem que, esperamos, tenha conseguido chegar aos nossos alunos.

 

Foi com agrado que, no final, ouvimos muitos alunos confirmarem que tinha valido a pena ouvir o nosso palestrante, uma vez que é conhecedor deste assunto, quer a nível académico, quer pela sua prática diária e convívio/consultas com os seus pacientes/utentes.

 

Diálogos Positivos

Diálogos Positivos sempre, quer entre os jovens e os seus pais, quer entre jovens e os seus professores, quer entre os jovens e alguém em quem confiem. O importante é que os jovens dialoguem antes de enveredarem por caminhos sem retorno, o importante é que os adultos se mostrem receptivos a esse diálogo, o importante é aceitarmos a diferença.

 

 

 

 

José Régio diz no seu poema:

Diálogos Positivos

“Vem por aqui” – dizem-me alguns com olhos doces

Estendendo-me os braços, e seguros

De que seria bom que eu os ouvisse

Quando me dizem: “Vem por aqui!”

 

Eu olho-os com olhos lassos,

(há, nos meus olhos, ironias e cansaços)

E cruzo os braços,

E nunca vou por ali…

(…)

Não sei por onde vou

Não sei para onde vou

Sei que não vou por aí!

In Cântico Negro

A Professora Bibliotecária

Rosa Maria Guerra


Exames

GIAE

email AEOBAEOB no FacebookAEOB no Youtube

Caixa de sugestões

Radio Escolar

Saber +

revist@mais

Avaliação Interna

Escola Saudável Mente

Parcerias

Eco-Escolas

Free business joomla templates