aeob.edu.pt

Intercâmbio entre Oliveira do Bairro e Lamballe

Duas cidades geminadas, dois grupos de alunos e professores que se encontram e partilham saberes, projetos, culturas e sonhos.

No período de 1 a 9 de abril, os alunos do AEOB, participaram no intercâmbio com os alunos de Lamballe onde apresentaram os projetos Dança + (mais) – Escola Dr. Fernando Peixinho e Música – Escola Dr. Acácio Azevedo e os projetos dos alunos das Escolas de Lamballe, Sacré Coeur e Gustave Tery que visaram a Arte Dramática.

Intercâmbio entre Oliveira do Bairro e LamballeIntercâmbio entre Oliveira do Bairro e LamballeIntercâmbio entre Oliveira do Bairro e LamballeIntercâmbio entre Oliveira do Bairro e LamballeIntercâmbio entre Oliveira do Bairro e Lamballe

O primeiro dia em terras bretãs foi consagrado ao descanso e ao convívio com a família que acolheu cada um dos participantes. O segundo levou tanto os portugueses como os franceses ao Mont Sant-Michel e a toda a sua grandiosidade e história. Ainda no mesmo dia, os alunos puderam visitar o centro histórico da cidade de Sant-Malo, guardado pelas imponentes muralhas e sob o olhar do túmulo de um dos grandes escritores franceses, Chateaubriand.

No segundo dia, a primeira parte permitiu que os alunos portugueses conhecessem o funcionamento das escolas, assistindo a aulas nos dois estabelecimentos de ensino e almoçando na cantina. À tarde visitaram uma das mais belas cidades francesas, Dinan, onde facilmente se volta à Idade Média devido às construções aí existentes, às muralhas e ao próprio rio, o Rance, por onde se andou num minicruzeiro com descrição das atividades aí desenvolvidas ao longo dos séculos e ao funcionamento das comportas.

Ao meio da semana assistiu-se a aulas, ensaiou-se sob a orientação das professoras Paula Henriques e Maria Rojo com a colaboração das colegas Ana Lúcia e Marion.

A Bretanha brindou-nos com um bom tempo e a ida à Côte de Granit Rose, Ploumanach, Pleumeur-Bodou, além de permitir que os alunos aprendessem com a visita ao Pleumeur Bodou. Deu-lhes ainda a possibilidade de admirar o rosa do granito, almoçar na praia, um “chapiscar de pés” com água morna e um momento de descontração, seguido do percurso do caminho dos alfandegários.

Chegou o dia de sexta, com a parte da manhã em Sant Brieuc  e visita ao Petit Théâtre onde os alunos apreciaram a sala de teatro construída segundo o modelo dos teatros italianos e onde puderam admirar as condições acústicas e técnicas.

Após o almoço os portugueses foram recebidos na Mairie (Câmara Municipal) pelo adjunto e pelo Comité de Geminação onde se reforçou a importância deste tipo de intercâmbio tanto a nível pessoal, cultural como em termos futuro, profissional.

Após um passeio pela cidade, os alunos ensaiaram e prepararam-se para o espetáculo do final de dia.

O jantar foi partilhado por todos os alunos, professores e famílias envolvidas no intercâmbio com um grande convívio e confraternização entre todos.

A apresentação dos Projetos de Dança, Música e Teatro foi no entardecer, na Sala Municipal. Apesar das condições acústicas não serem as melhores, principalmente para os projetos de teatro, as apresentações foram coroadas de sucesso, pelo empenho de todos envolvidos e pela ótima execução.

Os portugueses foram surpreendidos com a presença da vereadora da Educação e Cultura e presidente do Comité de Geminação em Portugal, para assistir ao espetáculo final deste intercâmbio.

Como balanço as professoras envolvidas consideram que foi uma experiência enriquecedora para os alunos e para elas, não só em termos culturais, como experiência de vida onde se confrontaram com hábitos de organização familiar, gastronómicos e educacionais/profissionais diferentes que servem para uma reflexão que poderá ajudar no desenvolvimento global de todos os participantes.

Ao longo destes dias houve um criar de laços entre os participantes, sempre bem acompanhados pelos professores franceses constantemente disponíveis, atentos e de todos os elementos envolvidos, neste intercâmbio que deve continuar por mais anos.

Os alunos de forma geral, comportaram-se como era expectável para a sua faixa etária e empenharam-se em representar bem Oliveira do Bairro.

Ana Lúcia e Paula Henriques

Exames

GIAE

email AEOBAEOB no FacebookAEOB no Youtube

Caixa de sugestões

Radio Escolar

Saber +

revist@mais

Avaliação Interna

Escola Saudável Mente

Parcerias

Eco-Escolas

Free business joomla templates